Tentativa de homicídio no Bairro Serrana pode ter sido retaliação do tráfico, afirma delegado de polícia

Em entrevista à Rádio Sulbrasileira, o delegado de polícia de Panambi, Gustavo Fleury, deu mais detalhes sobre a tentativa de homicídio registrada em Panambi neste domingo (12). Um adolescente de 17 anos foi baleado na cabeça em uma residência na Rua Serrana, Bairro Serrana.

A vítima segue internada em estado “gravíssimo” no Hospital Vida & Saúde, em Santa Rosa. Ele foi transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de acordo com as últimas informações repassadas pela assessoria de imprensa da casa de saúde. O delegado afirmou que ele está em coma induzido e não foi possível remover o projétil. “Vamos esperar o tempo necessário que for para que esse rapaz se recupere e possa repassar informações à polícia para elucidação completa desse fato.”

De acordo com Fleury, a vítima havia sido investigado recentemente pela polícia. “Já havíamos recebido denúncias de um possível ponto de venda de drogas no bairro Esperança há cerca de um mês. Fomos até o local mas não encontramos indícios naquela ocasião de comércio. Mas entre os rapazes que identificamos estava esse jovem alvejado por disparo de arma de fogo. Desde então, passamos a ter conhecimento que este rapaz estava transitando em Panambi.”

Ainda no domingo, logo após a vítima ter sido baleada, a Polícia Civil passou a investigar o caso para descobrir quem foram os responsáveis e a motivação do crime. “A gente trabalha com principal uma linha principal, sem descartar nenhuma outra, é uma possível retaliação relacionada ao comércio de drogas. Até porque teve há um mês essa denúncia relacionada ao jovem alvejado.”

Dentro da casa onde ocorreu a tentativa de homicídio, a polícia encontrou um caderno onde havia anotações do comércio de drogas e documentos de outras pessoas. Um veículo foi apreendido.

Conforme testemunhas ouvidas pela polícia, o executor era um homem encapuzado com um toca ninja. Algumas pessoas disseram ter visto duas pessoas. “Isso é típico de atividade de execução. Por essas circunstâncias, a principal linha de investigação é a retaliação por tráfico de drogas.”

Além do jovem baleado, havia outro rapaz que conseguiu escapar por uma janela sem ferimentos. “Temos a presença de um segundo rapaz dentro dessa casa que a gente está tentando identificar, junto com os documentos encontrados na casa de outras pessoas, para que a gente possa coletar todos os depoimentos dessas pessoas e elucidar todos os fatos.”

Por fim, o delegado Gustavo Fleury ressaltou que a Polícia Civil segue trabalhando para solucionar o caso e prender os responsáveis. “Nós daremos uma resposta efetiva para esse caso”, garante.

Confira a reportagem feita pelo repórter Renato Bueno:

Delegado Fleury fala sobre tentativa de homicídio registrado em Panambi

Delegado Fleury fala sobre tentativa de homicídio registrado em Panambi

Posted by Rádio Sulbrasileira on Wednesday, July 15, 2020

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp