Susepe planeja retirar líderes de facções da Modulada de Ijuí

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) realizou a transferência de um apenado da Penitenciária Modulada de Ijuí. De acordo com a direção da casa prisional, foi realizada uma revista completa na Galeria A do módulo de apoio do presídio, que resultou na apreensão de diversos objetos como duas facas e três celulares.
Também foi confirmada a transferência de Pablo Felipe de Oliveira, conhecido como Kiko. Ele é citado em vídeos que circulam por redes sociais, sendo apontado como responsável e mandato por diversos crimes que ocorreram em Ijuí nas últimas semanas. De acordo com as forças de segurança, o apenado ordenou, de dentro da Modulada, incêndios criminosos a residências, troca de tiros com outros criminosos e também homicídios cometidos em Ijuí no mês passado. Kiko seria um dos líderes regionais de uma facção criminosa sediada na região Metropolitana de Porto Alegre.
Em virtude disso, a Susepe realizou na tarde de terça-feira com a ajuda de escolta reforçada, a transferência Pablo Felipe de Oliveira para a Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc).
O diretor da Penitenciária Modulada, Marcos Bertão, confirmou que nos próximos dias haverá mais transferências de líderes criminosos. Ainda conforme o diretor, a Delegacia Penitenciária regional, sediada em Santo Ângelo, está trabalhando em conjunto com as forças policiais para dar uma resposta à guerra de facções que se instalou em Ijuí. Com capacidade total para 466 apenados, a Modulada de Ijuí conta, neste momento, com 715 presos.

Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp