Se o prefeito não me autorizar a utilizar o Castramóvel, vou roubá-lo, afirma vereadora

Durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores, realizada na noite de segunda-feira (9), a vereadora Clarice Morche (PTB) fez um comentário inusitado ao falar sobre a destinação de suas emendas impositivas.

Popularmente conhecida por seu trabalho com animais de rua, a vereadora afirmou que irá destinar um valor menor, de R$ 17 mil, com a justificativa de que, caso o Castramóvel esteja na cidade, tem que funcionar. Afirmou que, se for necessário, vai roubar a ferramenta se necessário.

Se ele não me autorizar a utilizar o castramóvel como uma cidadã protetora eu vou roubar o castramóvel, sair e trabalhar. Vai ser algo inusitado. Se não for pro bem, vou trabalhar por mal. Mas creio que o prefeito vai ser bonzinho e vai contribuir“, ironizou.

Segundo ela, foi com os recursos das emendas impositivas foi feita
a castração de 600 animais e o atendimento de vários que foram atropelados.

A demanda é maior que o recurso que nós temos. Quando o município não tem, endivida a vereadora. Se todo o atendimento diário virasse voto, teria voto para deputada federal. Toca 24h por dia, se eu não colocar no silencioso nem para dormir. É lamentável que depois a amnésia bate“, afirmou.

Ouça o comentário da vereadora:

Fonte: Facebook da Rádio Sulbrasileira.