Saques  feitos por criminosos no auxilio emergencial  continuam na região

Muitas pessoas continuam sendo vítimas do furto do auxílio emergencial da Caixa Federal em toda a região Noroeste do Estado, de acordo com registros policiais. De acordo com informações dos próprios beneficiários, alguns tem registrado ocorrência na Delegacia de Polícia e outros não.
Em um dos casos, em Panambi, conforme a vítima contatou com a Redação da Sulbrasileira, ao buscar o auxílio emergencial, terceira parcela, no valor de R$ 600,00 foi informado que o saque já havia sido realizado. Informou que, vai registrar a ocorrência na Delegacia de Polícia.
O Delegado Gustavo Fleury titular da Delegacia de Polícia de Panambi, em entrevista ao Programa Café da Tarde de ontem, disse que no saque da terceira parcela do auxílio emergencial foram raros os registros policiais.
A grande demanda de ocorrências se refere a segunda parcela, paga no início de junho informou o delegado Fleury.
Destacou que, no relatório da Secretaria de Segurança Pública divulgado no início de julho de 32 ocorrências de estelionato, a grande maioria foi de saque indevido do dinheiro do auxílio emergencial.
O titular da DP de Panambi recomenda que todas as vítimas façam o registro da ocorrência, para que os casos sejam encaminhados para investigação da Policia Federal.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp