Rio Grande do Sul tem 197 casos de coronavírus

A Secretaria Estadual da Saúde atualizou para 197 os casos confirmados e e dois óbitos por coronavírus no Rio Grande do Sul. Foram sete casos em 24 horas. De terça para quarta, a quantidade de casos saltou de 112 para 162.

Os novos positivos divulgados hoje foram em residentes de Porto Alegre – quatro no total, Cachoeira do Sul, Santa Rosa e São Leopoldo.

A Prefeitura de Santa Rosa confirmou na manhã desta sexta-feira (27) o primeiro caso suspeito de coronavírus no município. Trata-se de um jovem de 31 anos, que esteve na Europa, onde reside com a família, que veio do exterior e chegou no município no dia 15. Portanto, o caso é considerado importado.

O paciente vem sendo monitorado desde então. No dia 20, o paciente apresentou sintomas e foi coletado material, confirmando como positivo na manhã de hoje. De acordo com a Fumssar, ele passa bem e não há, até o momento, registro de transmissão local na cidade.

Chega a 20 o número de casos de coronavírus descartados nos municípios pertencentes à 17ª Coordenadoria Regional da Saúde. A informação consta no comunicado oficial da Secretaria Estadual da Saúde divulgado nesta sexta-feira (27). Assim, a região segue sem nenhum caso confirmado.

Panambi tem os dois primeiros casos suspeitos de coronavírus registrados. A informação é da administração municipal. Os dois pacientes possuem mais de 60 anos e possuem comorbidades (cardíaco e renal). Eles estão internados no Hospital de Panambi. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, o material coletado para exame chegou nesta sexta-feira ao  Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS). A expectativa é de que o resultado saia entre cinco a dez dias.

Segundo óbito

Faleceu na quinta-feira (27) o segundo paciente infectado com coronavírus no Rio Grande do Sul. A vítima, um homem de 88 anos, estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Moinhos de Vento, A informação foi confirmada pelo prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, em seu Twitter.

“Óbitos não são fatos políticos ou ideológicos. São fatos tristes e a análise, de nossa parte, será sempre científica, com base em evidências. Meus sentimentos a essas duas famílias. Nossa solidariedade às demais famílias que estão apoiando parentes internados. Nossa dedicação integral para que menos Portoalegrenses passem por momentos como esses”, escreveu o prefeito.

O diagnóstico da vítima foi confirmado na terça-feira (24), dia em que foi confirmada a morte da primeira vítima, uma mulher de 91 anos.

No novo balanço sobre casos de coronavírus divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde, Porto Alegre apresentou 15 novos casos positivos nesta quinta-feira (26). No total, a capital contabiliza 115 casos confirmados, 350 descartados e 85 suspeitos.

“Nesta hora de crise, utilizamos todas as nossas forças para alertar a população sobre o perigo de andar na rua. Faça sua parte pra combater o coronavírus: fique em casa. Proteja você e os outros”, escreve Marchezan.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp