Rio Grande do Sul registra mais duas mortes por Covid-19

A Secretaria Estadual da Saúde confirmou mais duas mortes por coronavírus no Rio Grande do Sul. Ao todo, já são 31 óbitos. O número de infectados chegou a 1039 na noite de quinta-feira (23), com 691 (66,5) pacientes recuperados e 317 em recuperação (30,5%).

Uma das vítimas é morador de Venâncio Aires. Trata-se de um homem de 67 anos, estava internado há 14 dias na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São Sebastião Mártir. Foi o primeiro caso de Covid-19 confirmado no município, que já tem sete casos confirmados e aguarda o resultado de outras sete pessoas testadas.

A segunda vítima é uma mulher de 86 anos, moradora de Lajeado. Conforme o prefeito Marcelo Caumo, a vítima estava internada no Hospital Bruno Born e já havia testado positivo para Covid-19.

É o primeiro óbito confirmado em Lajeado. Na madrugada desta quinta-feira (23), morreu um paciente na cidade com suspeita de contaminação por coronavírus.

O paciente, de 37 anos, tinha obesidade mórbida e hipertensão arterial. Ele procurou o primeiro atendimento na Unidade Básica de Saúde do Centro, às 14 de quarta-feira (22), apresentando falta de ar, dor de garganta e tosse.

Considerando a situação apresentada, ele foi conduzido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde deu entrada às 15h. No local, foi atendido para estabilização dos sinais e considerando a gravidade da situação, às 18h04, deu entrada no Hospital Bruno Born (HBB).

No hospital, foi atendido e, em razão dos sintomas compatíveis com a Covid-19, teve coleta de material para exame. O óbito foi registrado às 1h25.

O material será analisado pelo Laboratório Central (Lacen). De acordo com o prefeito, o resultado deverá ser divulgado ainda nesta sexta-feira.

Até a noite de quinta-feira, Lajeado registrava 40 casos de coronavírus. Entre os 101 municípios com Covid-19, é o quarto com maior número de infectados. Há 14 pacientes considerados curados.

Diante do número de casos, a partir desta sexta-feira (24), o uso de máscara caseira passa a ser obrigatório em Lajeado. Pessoas que circularem em espaços públicos e compartilhados devem adotar a medida de prevenção visando reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus. Farmácias e postos de saúde estão distribuindo gratuitamente para as pessoas que não tem condições de produzir ou comprar uma.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp