Região entra com pedido de reconsideração de bandeira vermelha

A Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam) enviou neste sábado (29) um pedido de reconsideração da classificação preliminar do Distanciamento Controlado, que colocou a região na bandeira vermelha. Ao todo, sete pedidos foram encaminhados ao Governo do Estado desde a sexta-feira (28).

No documento, assinado pelo prefeito de Pejuçara, Eduardo Buzzatti, apesar da Região estar na classificação de alto risco devido ao agravamento nos indicadores, houve uma melhora no indicador “número de pacientes confirmado com Covid-19 em leitos UTI nos últimos sete dias. Também é solicitado que sejam reanalisados os indicadores de ocupação e hospitalização utilizados para a definição da bandeira da região.

A Amuplam também afirma ter identificado uma possível “divergência” nos dados do sistema do distanciamento do Estado, referente ao número de leitos ocupados no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e no Hospital Unimed Noroeste.

Conforme os dados anexos, o Hospital de Caridade de Ijuí possui vinte quatro leitos de UTI, sendo que cinco dos ocupados (Unidades Covid-19) são pacientes confirmados e quatro são pacientes com suspeita ou outra Síndrome Respiratória Aguda, o que não coincide com os dados dispostos no sistema do Estado.

Além disso, há pacientes de outras regiões internados nos leitos de UTI do hospital, que moram em Santa Rosa, São Luiz Gonzaga, Pirapo, Maçambara e Erval Seco.

Já no Hospital Unimed, quatro pacientes pertencentes a esta região ocupam leitos de UTI de um total de seis leitos, sendo que dois estão com coronavírus. Entretanto, nas Unidades Covid-19, fora de UTI, há três pacientes com suspeita de infecção por coronavírus, sendo que um destes pertence à cidade de Três Passos, e seis pacientes confirmados com Covid-19, sendo que um é de Erechim.

“Assim, visando a não contabilização desses pacientes para fins de ocupação da R13-Ijui, por medida de justiça e adequação técnico-cientifica, imperiosa sua reconsideração”, escreve o prefeito.

Os pedidos de reconsideração serão avaliados pelas equipes técnicas do governo. A decisão será tomada pelo Gabinete de Crise nesta segunda-feira (31/8) e, à tarde, o mapa definitivo, vigente a partir de terça (1°/9), será divulgado por meio de texto publicado no portal de notícias do governo do Estado.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp