Qualidade do ar melhora com o distanciamento social

No Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a Secretaria da Saúde (SES) propõe a reflexão sobre o tema “menos carros nas ruas, menor poluição do ar” e orienta as pessoas a deixarem seus carros em casa sempre que puderem, mesmo depois da pandemia de Covid-19.

Segundo o Boletim Informativo do Vigiar-RS, publicado pela Divisão de Vigilância Ambiental, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), foi constatada uma melhora na qualidade do ar de Porto Alegre, entre 16 de março e 14 de abril, período de distanciamento social implementado para o enfrentamento à transmissão do coronavírus.

A coordenadora do Laboratório de Poluição Atmosférica da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Claudia Ramos Rhoden, fez uma pesquisa dos dados junto a cinco estações de monitoramento do ar existentes na Capital. O resultado foi publicado no Boletim Vigiar RS e mostrou uma redução geral de 22% (média das cinco estações) na concentração de material particulado 2,5, um tipo de poeira muito pequena que é capaz de chegar aos pulmões e circular no organismo das pessoas, podendo ocasionar vários problemas de saúde. Segundo a pesquisadora, os principais sintomas que elas provocam nas pessoas são alterações respiratórias e cardiovasculares. Há estudos mostrando que a cognição também pode ser afetada.

Conforme os resultados da pesquisa de Claudia, a análise dos dados coletados no período de distanciamento social em Porto Alegre confirmou que os veículos automotores são grandes poluentes e que é necessário buscar alternativas de mobilidade nas cidades.

O estudo Distanciamento social implantado devido à Covid-19 reduz a poluição do ar em Porto Alegre está disponível aqui.

Dia Mundial do Meio Ambiente

Criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972, durante a Conferência de Estocolmo, o Dia Mundial do Meio Ambiente tem o objetivo de promover uma reflexão sobre a necessidade de mudanças de atitudes da sociedade em relação ao tratamento dado ao meio ambiente.

Neste ano, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente preparou diversas atividades que serão transmitidas pelas redes sociais, utilizando, de forma virtual, esse momento complexo e difícil que a pandemia impôs ao planeta.

Para conferir as reflexões virtuais a fim de estimular ações reais promovidas pelo programa das Nações Unidas, confira aqui.

Veja medidas de proteção ambiental:

• Não queimar resíduos;
• Evitar o uso do fogo como prática agrícola;
• Não jogar pontas de cigarro para fora dos veículos;
• Ao dirigir veículos automotores, evitar arrancadas e paradas bruscas;
• Fazer deslocamentos a pé, sempre que possível, priorizando vias com menor tráfego de veículos automotores;
• Dar preferência ao uso de transportes coletivos, bicicleta e grupos de caronas;
• Utilizar lenha seca (jamais molhada ou úmida) para queima em lareiras, fogão a lenha e churrasqueiras.

Fonte: Governo do Rio Grande do Sul

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp