Promotoria de Palmeira das Missões oferece denúncia por falsidade ideológica e fraude ao Cadastro Eleitoral

Oito pessoas foram denunciadas pela Promotoria de Justiça de Palmeira das Missões por falsidade ideológica e fraude ao cadastro eleitoral. Segundo o Ministério Público Eleitoral (MPE), os indivíduos teriam falsificado contratos de locação de imóveis para conseguirem realizar a transferência do título eleitoral de Palmeira das Missões para Boa Vista das Missões.

A situação supostamente irregular foi percebida pela 32ª Zona Eleitoral, de Palmeira da Missões, que constatou inconsistências nas informações dos endereços e indeferiu os pedidos de transferência de domicílio eleitoral. A decisão foi o que foi confirmado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS), em julgamento dos recursos dos eleitores.

Entre os denunciados pela Promotoria, além dos eleitores, figuram um servidor da Prefeitura de Boa Vista das Missões, que acompanhou os eleitores no encaminhamento dos pedidos no Cartório Eleitoral, e proprietários dos imóveis referidos nos contratos de locação falsificados, que assinaram tais contratos e forneceram faturas de energia elétrica para instruir os pedidos de transferência de domicílio eleitoral.

A Justiça Eleitoral recebeu a denúncia e determinou a citação dos denunciados, os quais responderão ao processo em liberdade.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp