Prefeitura de Panambi  muda forma de atuação das Barreiras Sanitárias

A Administração Municipal desde o início da pandemia buscou alternativas para combater o Coronavírus. Uma das medidas adotadas foi a instalação das Barreiras Sanitárias nos principais acessos ao município.
Na última semana o Prefeito Daniel Hinnah juntamente com o vice-prefeito Francisco Pereira da Costa e gestores da Secretaria Municipal da Saúde ouviram os técnicos profissionais da saúde que estavam atuando nas Barreiras sanitárias. Segundo avaliação dos profissionais houve um entendimento de que as Barreiras Sanitárias não estavam mais tendo o efeito esperado, uma vez que as pessoas já estavam conscientizadas da necessidade das medidas de prevenção, o que era uma das funções das Barreiras e também não estavam sendo diagnosticados praticamente nenhum cidadão com febre na passagem pelas Barreiras.

Após uma análise em conjunto com a Secretaria Municipal da Saúde, a Administração Municipal mudou a forma de atuação das Barreiras Sanitárias, que passou a fazer a mesma prática que era feita nas Barreiras com a medição da temperatura corporal e a identificação das pessoas, em todos os prédios públicos. Onde é feita a medição da temperatura e o registro da entrada das pessoas no sistema de rastreamento disponibilizado também para todo comércio e empresas do município.
Até o momento já foram cadastrados mais de 20 mil pessoas no sistema de rastreamento. São 20 mil nomes diferentes registrados contendo os dados da pessoa e informações por onde elas circularam.
A Administração Municipal ressalta que as barreiras sanitárias não deixaram de existir, elas apenas mudaram sua forma de atuação, em vez de ser nos principais acessos do município, agora passam a ser em diversos pontos da cidade como prédios públicos, indústrias, comércio e empresas prestadoras de serviços.
“O sistema de rastreamento e os registros das pessoas não foi colocado em decreto municipal como obrigação de ser usado. Estamos convidando voluntariamente todos os empresários a utilizarem esse método, como uma forma de permitir o rastreio de contatos de casos confirmados de Covid-19 que vai ser feito pela Secretaria Municipal de Saúde. Sem ser algo obrigatório, mas de forma voluntária”, explica o Prefeito Daniel Hinnah.
Com esse novo formato em que os profissionais da saúde não precisam estar nas Barreiras instaladas nas entradas da cidade, as equipes de todos os ESF’s estão completas trabalhando nas unidades, dando orientações adequadas à população, sendo através dos agentes comunitários de saúde visitando as famílias e acompanhando as pessoas que estão nos grupos de risco, ou os profissionais nos postos atendendo à população.
Um nova fase projetada é a tendência de aumentar a testagem. Está sendo anunciado um novo protocolo do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde para disponibilizar mais teste à população. Sendo assim, os profissionais nos ESF’s poderão atender os cidadãos e realizar os testes assim que estiverem disponíveis.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp