Prefeito de Viamão morre por Covid-19

A Prefeitura de Viamão informou que o prefeito Valdir Jorge Elias, o Russinho, faleceu em decorrência da Covid-19 na manhã desta quarta-feira (22). O município decretou lutou oficial por três dias.

Russinho, 66 anos, estava internado desde o dia 15 de julho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dos Hospital de Viamão. Ele apresentou sintomas de febre e problemas respiratórios ao dar entrada. Porém, nas últimas 48 horas, seu quadro de saúde agravou. Ele sofreu uma parada cardíaca, nesta madrugada, e não resistiu.

De acordo com o diretor técnico da casa de saúde, doutor João Almir, o prefeito estava no grupo de risco pois era hipertenso, idoso e tinha problemas respiratórios.

Até esta terça-feira (21), Viamão registrava 44 mortes e 481 casos confirmados, sendo que 93 são considerados recuperados. Há 10 pacientes internados no município e 12 em hospitais de Porto Alegre.

Trajetória

Antes de virar líder do Executivo de Viamão, Russinho exerceu três mandatos como vereador – 1988, 2008 e 2012. Em 2010, foi eleito presidente da Câmara de Vereadores. Ele foi secretário de Obras e Serviços Públicos do município entre 2013 e 2015 até que, em 2017, concorreu a vice-prefeito de Viamão, ao lado do prefeito André Pacheco, sendo eleitos.

Em fevereiro de 2020, Russinho assumiu como prefeito em exercício de Viamão. Nascido em Porto Alegre e se mudou com a família, para a comunidade da Augusta, em Viamão, no ano de 1966, aos 12 anos. Ele deixa a mulher, seis filhos e quatro netos.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp