Policiais civis doam sangue para elevar estoques durante pandemia

Para enfrentar a pandemia da Covid-19, o isolamento social é a melhor arma, mas há um bom motivo para sair de casa: doar sangue. Como incentivo aos gaúchos para colaborarem com a reposição dos bancos de sangue dos hospitais no Estado, um grupo de 16 policiais saiu às ruas na manhã desta quarta-feira (1/4) para algo além de combater a criminalidade. Os voluntários realizaram um mutirão de doações no Banco de Sangue do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (Unidade Básica de Saúde Santa Cecília – 2º andar, entrada pela rua São Manoel, 543).

Nesse período de isolamento, a colaboração dos cidadãos que puderem doar é ainda mais fundamental para garantir bolsas nos estoques para atender os pacientes que necessitam de transfusão de sangue ou seus componentes (glóbulos vermelhos ou hemácias, plaquetas, plasma e crio precipitado). Cada doação pode beneficiar até quatro pessoas.

Para evitar aglomerações, o HPCA disponibiliza um sistema de agendamentos online para os doadores (clique aqui). O Banco de Sangue funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h. Telefones de contatos são (51) 3359-8504 ou 3359-8505. 

Até o momento, não existe evidência científica de transmissão dos coronavírus por transfusões sanguíneas. Ainda assim, o Ministério da Saúde emitiu recomendações preventivas relacionadas ao contágio pela Covid-19. Candidatos à doação de sangue que tenham viajado para países onda haja contaminação pelo novo coronavírus ficam impedidos de doar por 14 dias após o retorno. O mesmo vale para quem teve, nos últimos 30 dias, contato com pessoas que apresentam os sintomas ou tiveram diagnóstico de infecção confirmado – o impedimento dura por 14 dias após o último contato.

As pessoas que tenham sido infectadas pelo novo coronavírus estão impedidas de fazer doação de sangue pelo período de 30 dias após a completa recuperação, estando assintomáticos e sem sequelas que contraindiquem a doação.

No site da Secretaria Estadual da Saúde (SES), há um mapa com a localização e as informações de contato e funcionamento dos hemocentros públicos no Rio Grande do Sul (clique aqui). Além de em Porto Alegre, há unidades para coleta de doações de sangue em Alegrete, Caxias do Sul, Cruz Alta, Passo Fundo, Pelotas, Santa Maria e Santa Rosa.

PRÉ-REQUISITOS PARA DOAÇÃO

• ter de 16 a 69 anos;
• primeira doação antes dos 60 anos;
• pesar 50 quilos ou mais;
• ser saudável;
• não estar em jejum;
• apresentar documento de identidade com foto;
• menores de 18 anos devem estar acompanhados de responsável legal.

IMPEDIMENTOS PARA A DOAÇÃO

• gravidez ou amamentação;
• doença de Chagas;
• hepatite após os 11 anos de idade;
• diabetes;
• hipertensão;
• comportamento de risco para aids;
• uso de bebida alcoólica há menos de 12 horas da doação;
• ter doado há menos de 60 dias para homens e 90 dias para mulheres;
• ter feito tatuagem ou piercing há menos de um ano;
• ter piercing na boca ou na língua.

Fonte: Polícia Civil

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp