Polícia Civil trabalha para elucidar caso de tentativa de sequestro de adolescente de 14 anos em Coronel Bicaco

A Polícia Civil tomou conhecimento, somente ontem, de um caso envolvendo um possível sequestro tentado contra uma adolescente de 14 anos em Coronel Bicaco. O fato teria ocorrido na Avenida Francisco Manoel Diniz, Centro, próximo ao Sadi Palace Hotel. Um áudio com o relato da mãe da vítima circulou pelos grupos de Whatsapp durante o final de semana, gerando preocupação na comunidade regional.
De acordo com a adolescente, que foi acompanhada da mãe até a Delegacia, dois indivíduos desconhecidos, tripulando um automóvel desconhecido e de placas também não conhecidas a abordaram, pedindo para que entrasse no carro. Ao se negar, a adolescente relata ter sido puxada pela blusa por um deles, que desceu do carro. No momento, a menor gritou por socorro e uma pessoa interviu. Os autores fugiram.
A autoria e a intenção da dupla ainda é desconhecida. O Delegado Vilmar Schafer informou que a probabilidade de que os indivíduos visavam um ato criminoso é alta, tendo em vista que se evadiram do local e que são pessoas estranhas à vítima.
Conforme o Delegado, a Polícia Civil trabalha como principal linha de investigação a hipótese de que, pelo modo de agir dos autores, os mesmos pretendiam raptar a menor para satisfação de algum interesse libidinoso. Outras linhas de investigação, evidentemente, não são descartadas.
O Delegado relatou, ainda, que foram mostradas diversas imagens de câmeras de videomonitoramento para a vítima, que não identificou nenhum veículo ou pessoa suspeita.
A Polícia Civil frisa que fica um alerta à comunidade, para que as pessoas não andem sozinhas à noite, e se andarem em via pública, que sejam vigilantes, procurem vias iluminadas e busquem abrigo ao menor sinal de perigo. Deve ser informada às autoridades qualquer movimentação estranha de indivíduos desconhecidos, sendo que o anonimato é garantido.

Fonte: Observador Regional