Polícia Civil e Brigada Militar efetuam prisão domiciliar de infectado por Coronavírus que descumpria isolamento em Piratini

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Piratini, com o apoio da Brigada Militar, efetuou a prisão domiciliar de um indivíduo que testou positivo para o COVID-19 e descumpria o isolamento mesmo estando ciente da necessidade.

A prisão, ocorrida nesta sexta-feira (27), se deu após denúncia de populares e da Secretaria Municipal de Saúde de que um dos dois infectados confirmados da cidade estaria circulando por ruas, farmácias e supermercados descumprindo as medidas sanitárias de isolamento social.

Conforme o delegado Rafael Vitola Brodbeck, a circulação pública do investigado aconteceu logo após a confirmação do teste positivo para COVID-19, demonstrando pouco caso de sua situação. “O acusado foi cientificado de que não poderá abandonar sua residência sob pena de ter de cumprir medidas cautelares processuais mais gravosas. Ele está sendo investigado pela prática dos arts. 267 e 268 do Código Penal, e a ação está amparada pela Lei 13.979/2020 e pela Portaria Interministerial 5/2020 dos Ministérios da Justiça e da Saúde”, disse o delegado.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp