Para rever restrições ao comércio, governador aguarda  resultados de pesquisa

Com a proximidade do fim do prazo determinado para a restrição do comércio no Estado, o governador Eduardo Leite informou, na transmissão ao vivo desta segunda-feira (13/4), que aguarda dados técnicos para embasar as próximas decisões, que devem ser anunciadas na quarta-feira (15/4).

Entre sábado (11/4) e segunda (13), foram aplicados 4,5 mil testes rápidos em pessoas residentes em diversas regiões, de modo aleatório. A pesquisa do Estado, em parceria com cinco universidades federais, pretende aplicar 18 mil testes rápidos e, assim, determinar a prevalência do coronavírus no território gaúcho. A primeira leva de resultados será entregue ao Executivo entre os dias 14 e 15 de abril.

“Tendo os resultados dessa pesquisa, poderemos apresentá-los publicamente e utilizá-los como subsídio para decisões. Nossa política é baseada nas evidências científicas, e nossas decisões serão tomadas com base no resultado dessa pesquisa, nas recomendações do Comitê Científico e no sistema que implementamos com dados de internações hospitalares”, afirmou Leite.

O governador fez um apelo à população para que, tomando todos os cuidados, receba os pesquisadores que, por vezes, estarão acompanhados pela Brigada Militar ou pela Guarda Municipal.

Na quinta-feira (9/4), o governo do Estado decretou a obrigatoriedade, por parte de hospitais das redes pública e privada, de registro de taxa de ocupação, número de respiradores e de pacientes internados com suspeita ou confirmação de coronavírus. Até o momento, 180 dos cerca de 300 hospitais já preencheram esses dados.

Novidades sobre as especificações de restrições ao comércio no Estado serão anunciadas na quarta-feira (15/4), quanto todos esses resultados e informações estiverem à disposição do Executivo.

Fonte: Governo do Rio Grande do Sul

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp