Panambiense baleado na cabeça sai da UTI

O Hospital Vida & Saúde de Santa Rosa informou à Rádio Sulbrasileira que o adolescente de 17 anos baleado em Panambi no dia 12 de julho, domingo, no Bairro Serrana, saiu da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) nesta segunda-feira (20), após ficar uma semana internado.

A vítima foi encaminhada à unidade de internação e seu estado de saúde é considerável “estável”. Não há previsão de alta. Questionada, a assessoria de imprensa não divulgou mais informações sobre o estado de saúde do jovem.

Em entrevista recente à Rádio Sulbrasileira, o delegado de Polícia Gustavo Fleury afirmou que os trabalhos de investigação seguem em andamento. “É um crime complexo. O executor ou executores estavam de toca ninja, então não tem testemunhas”, destaca. A Polícia Civil tem até o dia 11 de agosto para concluir as investigações.

O delegado ressalta que a polícia trabalha para que solucionar o caso e entregá-lo ao Poder Judiciário.

A vítima havia sido investigado recentemente pela polícia. “Já havíamos recebido denúncias de um possível ponto de venda de drogas no bairro Esperança há cerca de um mês. Fomos até o local mas não encontramos indícios naquela ocasião de comércio. Mas entre os rapazes que identificamos estava esse jovem alvejado por disparo de arma de fogo. Desde então, passamos a ter conhecimento que este rapaz estava transitando em Panambi.”

Logo após a vítima ter sido baleada, a Polícia Civil passou a investigar o caso para descobrir quem foram os responsáveis e a motivação do crime. “A gente trabalha com principal uma linha principal, sem descartar nenhuma outra, é uma possível retaliação relacionada ao comércio de drogas. Até porque teve há um mês essa denúncia relacionada ao jovem alvejado.”

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp