Panambi terá menos eleitores este ano  do que nas eleições municipais de 2016

Números praticamente finais indicam que Panambi tem 31.082 eleitores aptos a votar no pleito municipal de 15 de novembro. Informação é do chefe da Centésima Decima Quinta Zona Eleitoral, Maciel Gaspar Klock. Destaca que em comparação ás eleições municipais de 2016, Panambi reduziu seu eleitorado em 2020. Naquele ano eram 31.619 eleitores aptos a votar ou seja 537 a mais do que nas eleições do próximo dia 15 de novembro.
Em Condor, hoje são 5,637 eleitores, Santa Barbara do Sul 6.962 e em Saldanha Marinho são 2.669 inscritos na justiça eleitoral. No total, a 115ª Zona Eleitoral conta com 46.350 eleitores.
Por outro lado, Maciel Gaspar Klock reafirma que o cartório eleitoral instalado na Rua Duque de Caxias em Panambi continua sem atendimento presencial. Os atendimentos remotos são feitos através do telefone 9.9662.7737.
Em razão da pandemia, não há data prevista para volta do atendimento presencial, embora o Cartório Eleitoral já trabalha internamente na preparação das eleições de 15 de novembro.
Maciel Gaspar Klock lembrou ainda que, com a alteração da data das eleições deste ano e, razão da pandemia do coronavírus de 04 de outubro para 15 de novembro em 1° turno também mudaram os prazos eleitorais.
Na entrevista ao Programa Café da Tarde da Sulbrasileira, Klock citou os novos prazos:
A partir de 11 de agosto: TVs e rádios não podem transmitir programas apresentados ou comentados por pré-candidatos;
31 de agosto a 16 de setembro: realização de convenções partidárias e definição de coligações;
26 de setembro: data limite para registro das candidaturas;
A partir de 26 de setembro: convocação da Justiça Eleitoral para que partidos e emissoras de rádio e TV a elaborarem plano de mídia e início da propaganda eleitoral, também na internet;
Até 27 de outubro: partidos, coligações e candidatos devem divulgar relatório sobre transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), recursos em dinheiro, estimáveis em dinheiro recebidos e gastos realizados;
15 de novembro: primeiro turno da eleição;
29 de novembro: possível segundo turno da eleição;
15 de dezembro: data final para apresentação das contas de campanha de candidatos e partidos políticos, relativamente a primeiro e segundo turno das eleições;
18 de dezembro: diplomação dos candidatos eleitos;
1º de janeiro de 2021: posse dos eleitos.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp