Panambi registra sexto caso de dengue

O sexto caso de dengue em Panambi foi confirmado pela Secretaria da Saúde após receber o resultado do Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS).

Trata-se de uma mulher moradora da localidade Erica e trabalha no Centro. A coordenadora de endemias, Carla Regina Schimuneck, afirma que foi encontrado uma grande quantidade de larvas durante a vistoria para eliminar os criadouros.

A coordenadora de endemias reforça a necessidade de fazer a limpeza dos pátios. Recentemente, a prefeitura de Panambi realizou uma campanha pedindo para que as pessoas aproveitem o momento de isolamento em casa, devido ao coronavírus, e fazer as ações necessárias de prevenção contra o aedes aegypti.

Infestada

Panambi está entre os 383 municípios do Rio Grande do Sul considerados infestados pelo aedes aegypti. Todas as cidades atendidas pela 17ª Coordenadoria Regional da Saúde – que além de Panambi, tem Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Campo Novo, Catuípe, Chiapeta, Condor, Coronel Barros, Crissiumal, Humaitá, Ijuí, Inhacorá, Jóia, Nova Ramada, Pejuçara, Santo Augusto, São Martinho, São Valério do Sul e Sede Nova – estão infestadas.

Somente em Ijuí, foram confirmados 14 casos desde o início de 2020. Já foram notificados oitenta e nove casos com suspeita de  dengue, cinqüenta e nove  foram descartados, dois são importados, doze autóctones, um inconclusivo e vinte e um aguardando resultado do Laboratório Central. Os últimos dois casos confirmados são do bairro Storch e Jardim.

No Rio Grande do Sul, foram confirmados 199 casos de dengue até o início de março. Há 713 casos suspeitos em todo o estado.

Desde janeiro de 2020, o Brasil já registrou mais de 390 mil casos de dengue. Ao todo, 106 pessoas morreram em decorrência da doença. Permanecem em investigação 182 óbitos.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp