Panambi entra na bandeira vermelha em mapa preliminar do distanciamento controlado

A região de Ijuí – que contempla vinte municípios, incluindo Panambi e Condor – entrou na bandeira vermelha do mapa preliminar do distanciamento controlado divulgado no final da tarde de sexta-feira (14) pelo Governo do Estado. As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (17).

Ao todo, 16 das 20 regiões – que concentram 397 dos 497 municípios gaúchos – foram classificadas com alto risco epidemiológico de Covid-19. Somando, são 9.679.669 habitantes, ou seja, 85,4% da população gaúcha (total de 11.329.605 habitantes).

De acordo com a apuração do governo, apesar de ter apresentado melhora em um indicador que abrange dados específicos da região e piora em outro, Macrorregião Missioneira apresentou piora em seus indicadores, tanto de velocidade de propagação como de capacidade de atendimento. Com isto, a média da região passou para dentro dos parâmetros que determinam a bandeira final na cor vermelha.

Ao todo, 166 municípios (890.365 habitantes, 7,9% do RS) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Da região de Ijuí, 12 dos 20 municípios podem adotar medidas da bandeira laranja a partir desta regra. Panambi, porém, não está nas cidades incluídas na lista. A prefeitura afirmou à reportagem que será apresentado recurso pra reconsideração.

No entanto, por se tratar de uma classificação preliminar, o município ainda pode seguir com as medidas que já vinha adotando. Conforme o Governo do Estado, a partir desta semana, as associações regionais terão duas alternativas caso não concordem com a decisão: além dos pedidos de reconsideração, em vigor desde a sétima rodada, as regiões podem adotar protocolos menos restritivos à bandeira na qual estão classificados. Porém, elas devem ser no mínimo iguais à bandeira anterior e elaborar planos estruturados próprios aprovados por no mínimo dois terços dos prefeitos e avalizados por uma equipe técnica.

A adoção de protocolos alternativos não mudará as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira (17/8). A vigência das bandeiras da 15ª rodada começa à 0h de terça-feira (18/8) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (24/8).

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp