Ouvintes se despedem do radialista Arnaldo da Costa

O radialismo gaúcho entrou em luto com o falecimento de um dos maiores comunicadores do estado, Arnaldo da Costa, 73 anos. O óbito ocorreu na madrugada desta sexta-feira (220.

Conhecido pelos seus ouvintes como Costinha, ele deixa a esposa Marli, as filhas Cristina, Andreia e Fernanda, e os netos André, Rafael e Ana Laura. Ele é natural do Distrito de Vila Pratos, interior de Novo Machado, e depois mudou-se ainda criança para Tucunduva, onde veio a falecer.

Em frente ao programa Recanto Sertanejo, que vai ao ar todos os domingos. Costinha fez história na Rádio Vera Cruz, em Horizontina. Ingressou na emissora no ano de sua inauguração, no dia 31 de maio de 1963.

Sua paixão pela rádio e a comunicação fizeram com que ele permanecesse em frente ao microfone por quase 60 anos. Sua voz tornou-se uma referência aos fãs do sertanejo de todo a região.

Em nota nas redes sociais, a Rádio Vera Cruz informou que Costinha vinha se tratando de câncer há meses. “Sempre alegre, positivo, alto astral, sua voz certamente será lembrada por muitos e viverá para sempre nos corações da família, amigos e ouvintes!”

É nosso querido amigo. Você foi um guerreiro, lutou até o fim e honrou o maior presente que Deus lhe deu: a vida. Fostes um homem muito digno, justo, amou e protegeu sua família como assim Deus nos ensinou. Foi um bom homem e contribuiu muito para deixar um mundo melhor. E hoje, aqui,o céu está cinzento, o dia amanheceu triste e chuvoso e não poderia ser diferente, pois muitos aqui estão de coração apertado com a tua partida. Mas temos a certeza de que lá no alto, o céu está em festa, recebendo você. Gratidão imensa pela tua vida e por termos tido a oportunidade de conviver todos esses anos com você, querido amigo!

O horário do velório e sepultamento será divulgado posteriormente no facebook e na programação da Radio Vera Cruz.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp