Outono terá noites frias e tardes quentes

Após um verão marcado pela falta de chuva e pelas intensas ondas de calor, o outono chegou na madrugada desta sexta-feira (20) com a previsão de uma leve melhora para o quadro de estiagem do Rio Grande do Sul. A estação é conhecida como o período de transição entre o calor e o frio iniciou ontem, às 0h50min, pelo horário de Brasília.
De acordo com a Somar Meteorologia, o outono começa sem a formação dos fenômenos El Niño e La Niña, porém com um leve aquecimento no Pacífico Leste – o que pode influenciar no regime de chuva e vento. Jonas Ribeiro, meteorologista da Somar, explica que a ausência dos fenômenos deve fazer com que a estação fique mais próxima da média prevista de modo geral.

Além disso, o período contará com duas características fortes do outono: o aumento da frequência de nevoeiros e a grande amplitude térmica, com manhãs e noites frias e tardes quentes.
A chuva deve ficar acima da média em todo o Estado, com maiores acumulados previstos a partir de maio. Já as temperaturas ficarão dentro da média em grande parte do RS, com exceção da região Oeste, que deve apresentar máximas acima do normal.
Durante as primeiras semanas de outono, o Estado ainda deve registrar temperaturas elevadas. Para Panambi, há previsão de máxima próxima dos 40°C, principalmente no final da primeira quinzena de abril.
A primeira onda de frio chegará somente na segunda quinzena de abril. Os períodos de baixa temperatura ficarão mais frequentes em maio e em junho, devido à aproximação da temporada inverno.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp