“Não deveriam ter eleições este ano enquanto durar a pandemia”, afirma prefeito

Em entrevista a Rádio Sulbrasileira, o prefeito Daniel Hinnah e o vice Francisco Pereira da Costa falaram sobre as eleições municipais durante o programa Fala Comunidade.

Questionado pelo apresentador Élcio Dallabrida, o prefeito deu a sua opinião sobre a possibilidade do processo ocorrer ainda em 2020.

Lamento que tenhamos eleição durante a pandemia. (…) Lamento muito que a eleição venha neste momento e que até agora o Congresso nacional e o Supremo Tribunal Federal não tenham conseguido definir que isso é inadequado. Minha opinião: não deveriam ter eleições este ano enquanto durar a pandemia“, afirmou.

Na visão de Daniel, a legislação eleitoral está estabelecida sem imaginar o contexto como este em que o país está vivendo. “Eu acho que deveria acontecer em 2022.”

O prefeito também falou sobre as mudanças determinadas pela lei durante o período pré-leitoral. Ressaltou, inclusive, que a legislação proíbe, a partir do segundo semestre, a utilização de propagandas institucionais e meios de comunicação. O Facebook da administração municipal, por exemplo, deverá ser retirado do ar.

Imagina, depois do dia 1º de julho, não poderemos mais fazer o boletim epidemiológico para saber quantos casos de Covid-19 teve. Pela lei eleitoral, não pode. Só para dar um exemplo de como prejudica de cara. Imagina a educação com toda a necessidade de falar com os alunos que estão nas residências e não poderão usar as ondas da Rádio Sulbrasileira? Não poderá mais fazer “, ressalta.

O prefeito também afirmou que foi solicitado à justiça eleitoral que seja permitido divulgar informações relacionados à pandemia, dengue e estiagem, questões de calamidade pública.

Os agentes políticos, não podem estar aqui para se manifestar e esclarecer à comunidade. Vai parecer que agora está faltando transparência. São questões que estão na lei eleitoral mas que pra mim são uma burrice neste momento.”

O prefeito afirmou estar ansioso para saber qual será a decisão do Congresso Nacional. “Esperamos que até terça-feira de noite eles tenham decidido e que no mínimo adiem as eleições e se permita que esse tipo de comunicação aconteça. (…) É muito injusto falar em eleição em um momento de calamidade pública.

Ainda durante o programa, que teve a participação do secretário Paulo Schwingel e Marlise Rodrigues, prefeito e vice falar sobre o futuro da coligação.

O vice-prefeito Francisco Pereira da Costa ressaltou que o Partido Democrático Trabalhista vai indicar o prefeito. Porém, segundo ele, nada impede que ele siga como vice e Daniel como prefeito. “A pesquisa vai definir”, destacou.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp