Mulher acusada de lavar R$ 1,3 milhão do tráfico de drogas de São Luiz Gonzaga é presa em Viamão

A Polícia Civil de São Luiz Gonzaga segue a investigação de um grupo acusado de realizar tráfico de drogas e associação criminosa na região. Depois de indiciar mais de 30 pessoas em julho de 2017, mais uma prisão do caso foi realizada ontem (20). Uma mulher acusada de lavar o dinheiro do tráfico foi presa preventivamente em Viamão. Conforme a polícia, ela recebeu pagamentos relacionados ao tráfico de drogas e movimentado aproximadamente R$ 1,3 milhão entre os anos de 2014 e 2018. Os policiais de São Luiz Gonzaga foram até a região Metropolitana para efetuar a prisão. Eles também apreenderam documentos e um veículo Mitsubishi Pajero. A mulher ficará presa em Viamão até a conclusão do inquérito.


No final do mês passado, duas foram presas temporariamente, um homem em São Luiz Gonzaga e uma mulher em Tramandaí. Na ocasião também foi cumprido um mandado em Viamão. Um carro foi apreendido. A polícia investiga a ligação do tráfico regional com as duas cidades, que, em março, foram locais de mandados de busca e apreensão.
Durante meses, a polícia investigou a vinculação de furtos e receptações com o tráfico de drogas. O trabalho também apontou a participação de presos no esquema, que coordenavam os crimes mesmo de dentro dos presídios. Um dos homens apontados como um dos líderes recebeu outro mandado de prisão preventiva. A operação Conexão prendeu mais de 30 pessoas e indiciou 29 por tráfico e organização criminosa.

Fonte: Radio Missioneira