Menina sobrevivente de grave acidente na BR 472 em Santa Rosa recebe alta hospitalar

A pequena Giovanna Pilatti, 4 anos, sobrevivente da tragédia na BR-472, em Santa Rosa, teve alta hospitalar na terça-feira (26). Ela foi a única sobrevivente do acidente que vitimou três pessoas no início do mês, e estava internada desde o dia 7 de janeiro, data do acidente.
Logo após a sua internação, a criança precisou ser sedada, foi extubada e reagiu bem ao tratamento, porém, permaneceu em estado grave. Depois de uma batalha pela vida, a pequena deixa hoje o Hospital Vida & Saúde.
O trágico acidente ocorreu na tarde do dia 7 de janeiro, na BR-472, no trevo de acesso a Três de Maio e da Estação de Tratamento de Água da Corsan, no Bairro Cruzeiro, matando três tripulantes de um Polo com placas de Santa Rosa, em uma colisão com uma caminhonete Toyota Hilux.
Morreram no local o motorista de ônibus aposentado Antônio Jairo Pilatti, 62 anos, sua esposa Teresinha, 56, e a filha do casal Elisiane, 34 anos, todos residentes no bairro Timbaúva. A criança de quatro anos, neta do casal, foi internada em estado grave no Hospital Vida & Saúde.
A Polícia Civil informou que o motorista da caminhonete tem 57 anos, reside em Três de Maio, e realizou o teste do etilômetro, o qual deu negativo. Ele e um caroneiro não sofreram lesões graves. Ainda conforme a Polícia, os ocupantes do Polo estavam todos de cinto, inclusive, a criança estava na cadeirinha.
Fonte: Jornal Noroeste
Foto: PRF

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp