MEC prorroga substituição de aulas presenciais até o final do ano

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quinta-feira (17) a prorrogação da medida que autoriza a substituição das aulas presenciais por atividades à distancia nas instituições de educação superior integrantes do sistema federal de ensino até o dia 31 de dezembro de 2020.

A medida foi tomada devido à pandemia do coronavírus, que levou a suspensão das aulas por tempo indeterminado.

De acordo com a portaria, as instituições serão responsáveis pela definição dos componentes curriculares que serão substituídos, a disponibilização de recursos aos alunos que permitam o acompanhamento das atividades letivas ofertadas, bem como a realização de avaliações durante este período.

“Não imaginávamos que a pandemia fosse durar tanto. Então, ao invés de publicar um decreto todo mês, decidimos prorrogar até 31 de dezembro”, disse Marcio Coelho, diretor de política regulatória da Seres – Secretaria de Regulação e Supervisão de Ensino Superior do MEC , durante live promovida pela Associação das Mantenedoras do Ensino Superior (Abmes), que acontece nesta terça-feira (16).

Em relação aos estágios práticos dos cursos de ensino superior, a medida explica que poderão ocorrer virtualmente durante a pandemia.

O diretor de política regulatória da Seres – Secretaria de Regulação e Supervisão de Ensino Superior do MEC informa ainda que, em algumas situações, não será possível usar a ferramenta de aulas on-line e esses casos serão analisados pelo MEC. 

“A Seres [Secretaria de Regulação e Supervisão de Ensino Superior] está nos dando liberdade para definir como serão os estágios virtuais, mas as instituições de ensino precisam fazer isso com responsabilidade”, disse Celso Niskier, presidente da Associação Brasiliera de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES).

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp