MDB votará contra o projeto que propõe mudanças no magistério

Os oito deputados estaduais do MDB vão votar contra o pacote de medidas do governo do estado que, no entendimento do magistério, desmonta o plano de carreira dos professores. A informação é da presidente da Coordenadoria Regional Planalto Médio do MDB, panambiense Merilin Desbessel, em entrevista ao Programa Café da Tarde apresentado ontem pela Sulbrasileira.
Disse que, as coordenadorias regionais se reuniram com os parlamentares do partido e estes garantiram que são contrários ao pacote por entender que é prejudicial aos professores do ensino público estadual, inclusive os aposentados, e demais servidores do estado, com a cobrança de alíquota previdenciária.
Merilin revelou que a promessa de votar contrariamente a este projeto ocorreu durante posse dos novos coordenadores regionais do MDB em Porto Alegre na última segunda-feira (02) e que contou com a presença dos deputados peemedebistas.