Mais de 860 pessoas já se inscreveram no concurso da Prefeitura

Mais de 860 pessoas já se inscreveram no concurso público da Prefeitura Municipal de Panambi desde que o edital foi aberto nesta quarta-feira (6). A informação foi divulgada pelo secretário de Administração André Batista em entrevista ao Programa Alô Comunidade.

As inscrições devem ser feitas no site da Fundatec até o dia 5 de dezembro de 2019. Clique aqui para conferir. O edital com a data, hora e local das Provas Teórico-Objetivas será divulgado no dia 3 de janeiro de 2020.

Ao todo, serão 26 cargos disponíveis, desde arquiteto, cirurgião dentista, psicólogo, fiscal ambiental, entre outros, com salário de até R$ 7,167,20.

Clique aqui para conferir a lista completa das vagas disponíveis no concurso. No arquivo, é possível conferir a escolaridade, requisitos e o tipo de prova para cada cargo.

A maioria dos cargos presentes no concurso serão para cadastro de reserva. Neste caso, aqueles que tirarem a nota mínima poderão ser chamados para assumir a vaga conforme a necessidade.

Há, no entanto, 16 vagas de contratação imediata para quatro cargos: dez para auxiliar de educação infantil, uma para biblioteconomista, uma para engenheiro civil e quatro para médico de família.

Isenções

Conforme o edital, estará isento do pagamento da taxa de inscrição quem recebe até dois salários mínimos mensais, esteja desempregado ou seja doador de sangue.

Batista ressalta que a Prefeitura de Panambi prorrogou o período para solicitar a isenção da taxa de inscrição. Deste modo, o prazo máximo vai até segunda-feira, dia 11.

Assim, o edital de resultado dos pedidos muda para o dia 19 de novembro, terça-feira, e o período de recursos inicia dia 20, quarta-feira e segue até o dia 26 de novembro.

Após o recursos, o edital de resultado dos pedidos de solicitação de isenção da taxa de inscrição será publicado no dia 3 de dezembro, terça-feira.

O secretário ressalta que as pessoas leiam com atenção o edital. “O pessoal nos liga bastante, o telefone não pára, com dúvidas que estão bem explicadas no edital. Às vezes a gente falando pode faltar alguma informação.”