Maio terá normalização de chuvas  no Rio Grande do Sul

Após meses sem registrar volumes expressivos de chuva, o mês de maio terá normalização nas precipitações no Rio Grande do Sul. A previsão é da meteorologista Maria Clara Sassaki, da Somar Meteorologia.
– A tendência é que a segunda quinzena deste mês seja mais úmida, com o retorno das precipitações de forma gradativa. As chuvas ocorrerão dentro da média em todo o Estado – explica.
Para o próximo mês, em junho, as chuvas podem ocorrer acima da média em todo o território gaúcho. O maior volume acumulado será inicialmente na Fronteira Oeste e também em algumas áreas do Noroeste. Na segunda quinzena, as precipitações começam a se espalhar por todo o Estado.
De acordo com a meteorologista, no mês de julho serão registradas chuvas mais regulares, podendo ser abaixo da média em algumas áreas.
– Mas, é válido ressaltar que os volumes ficarão entre 150 mm e 200 mm acumulados. O maior período de chuva será na última semana do mês – adianta.
Já em agosto, está previsto uma condição de estiagem em áreas de fronteira com Uruguai, com volumes de chuva abaixo da média. Áreas da região Central e algumas do Norte terão volumes mais expressivos. Em setembro, a primeira semana será de tempo mais seco em todo o Estado, a segunda quinzena já será mais estável, com pancadas de chuva significativas.
Em relação a temperaturas de acordo com meteorologista Maria Clara Sassaki, novas ondas de frio devem ocorrer a partir do dia 15 de maio no Rio Grande do Sul. No entanto, as maiores geadas devem ser registradas no final do mês de junho e início de julho. Em meados de agosto também são esperadas outras ondas, mas não tão fortes a ponto de formar geada – reitera a meteorologista.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp