Integrante do Primeiro Grupo Catarinense (PGC) é preso com drogas em Ijuí

O Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar de Ijuí prendeu nesta quarta-feira, um integrante do Primeiro Grupo Catarinense (PGC).
De acordo com as informações, durante um longo trabalho de monitoramento desencadeado por agentes de inteligência da Brigada Militar de Ijuí e Passo Fundo, culminou com abordagem e prisão por parte do POE, na Estação Rodoviária de Ijuí do indivíduo identificado pelas iniciais V.S.O., 31 anos, possuidor de uma extensa ficha criminal, dentre os quais por crimes de homicídios, roubo dentre outros.
Junto com o integrante do PGC os policiais encontraram; cerca de 1 kg de Crack, que renderia aproximadamente R$ 100.000,00 ao traficante; R$ 60,00 em dinheiro; e, 02 máscaras utilizadas para cometer roubos.
O criminoso foi preso em flagrante e posteriormente encaminhado a penitenciária modulada de Ijuí.
De acordo com fontes policiais catarinenses , o PGC se constitui na maior organização do estado de Santa Catarina. O Grupo comanda rebeliões, assaltos, sequestros, assassinatos e narcotráfico. A facção atua principalmente em Santa Catarina, mas também tem tentáculos em outros estados brasileiros e na fronteira com o Paraguai, Bolívia e Peru.
Estima-se que o grupo possui 80 mil integrantes espalhados pelo território catarinense (50% em presídios e outros 50% em liberdade), com conexões interestaduais e internacionais.