A Brigada Militar foi informada na manhã da segunda-feira (16), que uma senhora recebeu uma ligação informando que sua filha havia sido sequestrada e para ser libertada, teria que depositar R$ 5 mil
A Brigada Militar foi até a residência da vítima e constatou que se tratava de um golpe e orientou a mulher a desligar o telefone e contatar com a filha o que foi feito.
A Brigada Militar orienta a população para que, nestes casos não entrem em pânico, uma vez que este golpe é antigo e nunca se confirma. Solicitou que ás vítimas não depositem nenhum valor em contas informadas e informem os órgãos de segurança.
A vítima não quis registrar ocorrência e nem autorizou a divulgar seus dados pessoais

A maneira como os golpistas realizam o crime é sempre a mesma. Normalmente ligam a cobrar, informando que algum parente da vítima foi sequestrado e colocam a falsa vítima na linha que começa a chorar e a implorar por socorro, solicitando para que se faça o pagamento de uma quantia em dinheiro para o resgate. Outro ponto é que geralmente a vítima se entrega sem notar. Ao ouvir a voz do suposto familiar capturado, acabam revelando o nome do mesmo.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp