Estiagem: Panambi vai receber R$ 70 mil para perfuração de poço

Panambi receberá recursos para a perfuração de poços com o objetivo de enfrentar a estiagem. Ao todo, o Governo do Estado destinará R$ 55,1 milhões para enfrentar a estiagem e amenizar os danos causados no Rio Grande do Sul entre o final de 2019 e início de 2020.

Neste período, o município registrou um prejuízo superior a R$ 40 milhões, afetando principalmente os produtores rurais. Em maio, o Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, reconheceu a situação de emergência em Panambi.

Em junho, a prefeitura encaminhou à Secretaria Estadual de Agricultura um pleito de que Panambi precisava de auxílio para a perfuração de poços artesianos na zona rural, uma vez que algumas famílias estavam sem água.

“Atendemos um grupo de famílias em Rincão Fundo que estavam sem água e perfuramos emergencialmente um poço às custas do município. Mas, havia oito famílias na Linha Encarnação e onze em Rincão Frente que estavam sem abastecimento de água nas residências ou para tratar animais. Pedimos o auxílio ao Governo do Estado para a perfuração de poços e também a possibilidade de aquisição de um caminhão-pipa caso a estiagem persistisse para levar água até essas famílias de forma emergencial.”

Conforme o prefeito, os R$ 70 mil poderão ser utilizados para a perfuração de dois poços na Linha Encarnação e Rincão Frente. “É uma boa notícia para Panambi. Mas não quer que o dinheiro já tenha chegado no município e amanhã já possamos realizar a perfuração. Mas o anúncio nos dá uma boa perspectiva de que o projeto será e que em breve poderemos trabalhar na contratação de uma empresa para a perfuração.”

A Câmara de Vereadores, sensível a situação apresentou, há um mês, R$ 30 mil de devolução do duodécimo destinado também a perfuração de poços de Panambi. “Se tivermos mais este R$ 70 mil que o governo anunciou, teremos R$ 100 mil para suprir algumas famílias na zona rural com perfuração de poços artesianos.”

Confira a entrevista completa feita com o prefeito Daniel Hinnah:

Do valor total, R$ 42,4 milhões serão para a perfuração de poços em 401 municípios – incluindo Condor, Ijuí, Cruz Alta, Frederico Westphalen, Santa Bárbara do Sul, Palmeira das Missões, Ajuricaba, Santo Augusto, Santo Ângelo, entre outros.

Conforme o governo do Estado, a definição das cidades contempladas foi feita a partir de critérios técnicos, estabelecidos pela Defesa Civil e pela Emater, e a situação financeira de cada município.

Além disso, serão destinados R$ 6,15 milhões para construção de 1.025 açudes em 102 municípios e R$ 6,5 milhões para pagamento de horas-máquina para recuperação de estradas.

Os recursos são a soma de uma ação conjunta entre o governo do Estado, a bancada federal gaúcha, a Assembleia Legislativa e o Ministério do Desenvolvimento Regional.

“É o resultado de um trabalho conjunto. Todos os municípios com decreto de emergência reconhecido pela Defesa Civil terão, no mínimo, um poço, 102 terão dez açudes e outros 53 municípios receberão recursos para contratação de horas-máquina”, afirmou o governador Eduardo Leite.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp