Esteiras de fumaça após passagem de aviões chamam a atenção nos céus de Panambi e Três Passos

O tráfego de aviões de grande porte, principalmente pela manhã ou no fim de tarde, não é incomum na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Na manhã de ontem, no entanto, várias esteiras de fumaça chamaram a atenção de um morador da localidade de Rincão Frente, interior de Panambi. O fato foi visível em virtude de os voos estarem deixando trilhas de condensação, comuns em época de alta umidade do ar.
Em Três Passos de acordo com o site TresPassos News, mesma situação foi observada por moradores
Conforme o morador, um grande número de aviões teria cruzado o céu de Panambi, na madrugada da quinta-feira. “Isso é muito estranho, pois deixou uma esteira de fumaça bastante incomum.
Ainda conforme o agricultor, estavam em todas as direções, cruzaram por todos os lados.


De acordo com a moradora de Três Passos, um grande número de aviões teria cruzado o céu do município pela manhã. “Isso é muito estranho, pois deixou uma esteira de fumaça bastante incomum. Eu só notei às 8 horas. Tirei algumas fotos e contei 15 esteiras, isso significa que foram 15 aviões. As esteiras de fumaça parecem de produtos químicos. Fiquei bem preocupada”, disse ao Três Passos News.

Foto: TeesPassos News