Em 2019, justiça de Panambi concedeu 444 medidas protetivas e decretou a prisão de 10 pessoas por crimes contra as mulheres

No ano de 2019, a Comarca da Justiça de Panambi concedeu 444 Medidas Protetivas para mulheres que foram vítimas de violência doméstica em Panambi e Condor. O mês em que ocorreu maior demanda da justiça local na concessão de medidas protetivas foi janeiro com 71 registros enquanto março teve o menor índice com 29 ocorrências.
Os dados constam no novo site da Coordenadoria Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.
Em relação á prisões o mesmo site indica que, do total de 55 pessoas presas em Panambi ao longo de 2019, 10 prisões foram de acusados por cometer crime de violência doméstica.
Se comparando ao ano anterior, ocorreu um aumento nos índices de crimes contra as mulheres na Comarca de Panambi em 2919 .. No ano de 2018 foram expedidas 341 Medidas Protetivas, e, do total de 50 prisões naquele ano, 8 foram em decorrência de condenações por violência doméstica
De acordo com o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, o novo site da Coordenadoria da Violência Doméstica atualizará os dados a cada semestre. A próxima atualização deve ocorrer no mês de julho com os dados dos crimes contra a mulher referentes aos primeiros seis meses de 2020.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp
 Baixe o aplicativo Sul Brasileira
X