Dois indivíduos são condenados por assalto à joalheria em Ametista do Sul

A Promotoria de Justiça de Rodeio Bonito, na última quarta-feira (19/08) recebeu intimação da sentença, onde obteve a condenação de Claudir Couvodos da Silva e Gelson Vidal de Almeida pela prática do crime de roubo triplamente majorado pelo concurso de agentes, restrição de liberdade das vítimas, com emprego de arma de fogo, ocorrida na Joalheria Ametista, no Município de Ametista do Sul.

O crime aconteceu na data de 29 de julho de 2019, no estabelecimento comercial Joalheria Ametista, oportunidade em que um dos réus denunciados ingressou no local, e utilizando-se de grave ameaça contra as funcionárias e com uso arma de fogo, anunciou o assalto e subtraiu joias e relógios, logo em seguida fugando do local.  O crime contou com a participação de um detento que organizou a ação criminosa do interior do Presídio onde se encontrava recolhido, e mais uma pessoa.

Em data de 06 de agosto de 2020, os réus foram condenados pelo Juízo da Comarca de Rodeio Bonito, que acolheu na integralidade a tese acusatória, sendo Claudir condenado à pena de 13 (treze) anos, 10 (dez) meses e 20 (vinte) dias de reclusão e mais 307 (trezentos e sete) dias-multa e Gelson à pena de 8 (oito) anos, 8 (oito) meses e 05 (cinco) dias de reclusão e mais 192 (cento e noventa e dois) dias-multa, ambos em regime inicial fechado.

Os réus permaneceram presos preventivamente durante toda a instrução processual.

Fonte: InfocoRS

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp