Descarte irregular de lixo em área de proteção ambiental preocupa as agentes de endemias

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Panambi

No combate a prevenção da dengue as agentes de endemias estão realizando um mutirão de limpeza nos bairros onde houve a confirmação de casos.

Na semana passada foi realizada uma força tarefa no bairro Erica onde havia casos confirmados de Dengue, foram encontrados vários focos do mosquito principalmente em pneus e em depósitos de lixos abandonados em terrenos baldios. Desde o mutirão de limpeza não houve mais entradas no hospital dos moradores do bairro com suspeitas de dengue.

No último final de semana as agentes trabalharam por três dias no Loteamento Armindo João, onde foram retiradas 22 caçambas de lixo, com o apoio da Secretaria de Infraestrutura.

Também foram encontrados vários focos do mosquito, principalmente em lixos jogados em áreas de preservação permanente – APP. O que preocupa as agentes, uma vez que a população acaba fazendo o descarte incorreto do lixo nestas áreas de preservação, que são da prefeitura ou de particulares.

Esses descartes irregulares de entulho e lixos acabam contribuindo para o aumento da poluição do meio ambiente e do surgimento de criadouros do mosquito da dengue.

“Esse descarte é clandestino. Temos trabalhado para identificar quem está jogando o lixo nesses locais, para que possamos tomar as providencias legais. Por isso, contamos com a ajuda da população para que denunciem, ao ver alguém jogando lixo nos locais indevidos” reforça a Coordenadora das Agentes de Endemias Carla Regina Schimuneck

Vizinhos e interessados podem fazer denúncias ao setor de endemias, a partir do telefone geral da Prefeitura, o 3376-9100. O contato também pode ser feito em horário comercial, pelo celular 98419-5915.

O mutirão de limpeza continua nos diversos bairros do município, com o término das chuvas muita água fica acumulada, contribuindo para a proliferação do mosquito. O objetivo das agentes é passar um pente fino nos pátios e eliminar os criadouros.

Vale ressaltar que a responsabilidade pela limpeza dos pátios, são dos moradores. As agentes tem se deparado com diversas situações onde as pessoas esperam elas chegar nas casas para fazer a limpeza do pátio e em outros casos moradores se recusam a receber o agente de endemias. Carla ressalta que se a recusa for mantida, o morador está sujeito a multa de R$ 500,00.

A Administração Municipal através da Secretaria Municipal da Saúde pede a conscientização e o respeito ao trabalho realizado pelas agentes de endemias, e a responsabilidade individual na eliminação dos focos de mosquitos.

Panambi tem hoje 16 casos confirmados de dengue. O combate a dengue não pode parar.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp