Denarc apreendeu mais de duas toneladas de drogas no primeiro semestre de 2020

A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (09) o balanço do trabalho realizado nos primeiros seis meses do ano pelo Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico, o Denarc. Os números que foram apurados demonstram a eficácia do departamento em suas ações no combate ao narcotráfico e na descapitalização de organizações criminosas atuantes nesse tipo de delito.

Foram 256 prisões realizadas no período de 01 de janeiro a 30 de junho de 2020. Neste período foram apreendidos mais de 2.200 quilos de maconha, quase 60 quilos de cocaína e 16 quilos de crack, drogas essas que deixaram de circular nas ruas, que não chegaram aos usuários e que causaram um significativo prejuízo financeiro a esses grupos criminosos.

Um grande golpe também foi sentido pelos grupos que atuam frente ao tráfico de drogas sintéticas. No primeiro semestre, o Denarc apreendeu quase 25 mil comprimidos de ecstasy e 2.254 pontos de LSD.

Apesar das drogas serem o principal foco das ações do Denarc, cabe destacar que o departamento também apreendeu 89 armas, mais de 4.450 munições, 84 veículos e quase 900 mil reais em dinheiro, enfraquecendo financeiramente os criminosos.

Ressalta-se, ainda, que foram 974 procedimentos instaurados e 840 procedimentos remetidos ao Poder Judiciário. Somente na Delegacia de Repressão ao Crime de Lavagem de Dinheiro (DRLD) são 10 procedimentos em andamento, dois deles instaurados em junho, além de 159 medidas cautelares.

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp