DEM, PSDB e PRB vão integrar a coligação PP-PTB em Panambi

Em reunião realizada na noite de sexta-feira (28) ,foi selado o acordo entre cinco partidos em torno do apoio aos candidatos de Martim Zachow para prefeito pelo PP tendo como vice Robson Pazze do PTB.

A confirmação da aliança foi feita pelo porta voz dos Progressistas, Nadir Martini, destacando que ocorreu reunião entre os dirigentes destes partidos na noite passada.

 A convenção municipal deve homologar as candidaturas e com isso, o quadro político em Panambi visando as eleições municipais de 15 de novembro está praticamente definido.

Serão cinco concorrentes a prefeito no pleito deste ano em Panambi.

Os partidos devem realizar suas convenções municipais, entre a próxima segunda-feira (31/08) até 15 de setembro para homologar estas alianças e as candidaturas nas chapas majoritária e proporcional.

Lembrando que, pela legislação eleitoral, alianças são permitidas apenas na eleição para prefeito e a vice, enquanto no pleito para vereador a legislação eleitoral proíbe coligações.

A primeira chapa confirmada foi a aliança entre PSC-PSD que tem como candidatos, a prefeito o advogado Delcio Franke e a vice o vereador Ibraim Chagas.

A outra chapa parte da aliança entre MDB-PDT-PL e PSL que, embora ainda não confirmado, tende a repetir a dobradinha que venceu as eleições em 2016, Daniel Hinnah a prefeito e Francisco Pereira da Costa a vice.

O Partido dos Trabalhadores confirmou o vereador Paulo Sergio Rodrigues como candidato a prefeito e o professor Edison Artmann concorre a vice.

Por sua vez, a aliança formada pelos Progressistas e PTB terá como concorrente ao Palácio Municipal, o ex-vereador Martim Zachow e a vice o empresário Robson Pazze selou ontem o apoio com o DEM-PSDB e PRB.

A quinta chapa foi anunciada após reunião do PSB na noite da quinta-feira (27). O partido concorre com o ex-vereador Cláudio Martins a prefeito e Aldair Oliveira a vice. Os socialistas ainda buscam o apoio do DEM, PSDB e PRB, partidos que vinham discutido uma aliança.

Mesmo com os nomes e coligações definidos pelos partidos ,todos são considerados pré-candidatos, não sendo permitida até a homologação das convenções qualquer campanha eleitoral .

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp