Cruz-altense desaparecido é encontrado morto em Rio Pardo

A Polícia Civil de Rio Pardo encontrou o corpo do motorista de aplicativo que havia desaparecido no município há mais de dez dias. O cadáver de Patrick Brum Dall Ongaro, de 30 anos, estava às margens da estrada geral de Passo do Adão, no interior de Rio Pardo. A localização ocorreu na manhã de ontem, quinta-feira, 10.

Patrick era natural e morador de Cruz Alta e estava desaparecido desde o último dia 28. Ele era motorista de aplicativo e teria saído da cidade natal para fazer uma entrega em Rio Pardo. Desde então, familiares e amigos não haviam conseguido mais contato com o rapaz e o sumiço foi registrado na Delegacia de Polícia.

Segundo o delegado Anderson Faturi, a polícia chegou até o corpo após um trabalho intenso de investigação. Ele acredita que Patrick foi morto em outro local, no mesmo dia em que desapareceu, e levado até o local onde o corpo foi encontrado. “As investigações apontam que ele foi morto no dia 28 e o estado do corpo confirma isso”, disse.

A causa da morte deverá ser apontada após a perícia, mas o delegado adiantou que há lesões encontradas no pescoço da vítima e afirma que há certeza de homicídio. “Tudo leva a crer, até o momento, que ele tenha sido morto estrangulado ou esgorjado, mas ainda estamos concluindo a perícia para poder apontar as causas da morte. ” O esgorjamento é caracterizado por lesões na lateral ou frente do pescoço, feitas por objeto cortante.

O delegado afirmou já trabalhar com alguns suspeitos, mas não forneceu detalhes para não atrapalhar a investigação. “Agora vamos colher elementos para identificar os autores deste crime e poder responsabilizá-los”, informou. A investigação teve o apoio da Polícia Civil de Cruz Alta, mas foi prioritariamente realizada pela Delegacia de Rio Pardo.

Fonte : Gaz.com.br

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp