Covid-19: região registra aumento de casos e taxa ocupação de leitos de UTI

A região de Ijuí – que contempla vinte municípios, incluindo Panambi e Condor – registrou um aumento considerável de casos desde a semana passada.

Entre os dias 16 e 22 de outubro, o total de infectados saltou de 2.657 para 2.848, ou seja, 191 casos a mais em seis dias, conforme os boletins epidemiológicos da 17ª Coordenadoria Regional da Saúde. O número de pacientes curados não é divulgado pela CRS. Neste período, três óbitos foram registrados na região, passando de 45 para 48. As mortes ocorreram em Ijuí.

A maioria deles foi registrada em Ijuí, que registrou 94 neste período. A cidade tinha 1.502 na sexta-feira passada (15) e aumentou para 1.596 nesta quinta (21).

Panambi, a cidade da região com o segundo maior número de infectados, também apresentou um salto de 215 casos na sexta-feira passada para 243 esta quinta-feira, conforme os dados da 17ª CRS (os dados da prefeitura, atualizados no final da tarde, informam que há 247). Foram 28 casos, sendo que 12 foram registrados na quarta-feira (21) e 9 na quinta-feira (22). Há, atualmente, 204 panambienses recuperados. Três hospitalizações de panambiense ocorreram nesta semana, mas deram alta.

Além disso, a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) tem aumentado esta semana, embora esteja menor do que na semana passada. Na manhã desta sexta-feira (23), o percentual chegou a 72,2%, mesma registrada na quinta-feira (22) e maior do que na segunda (19) e terça (20), de 66,7%, e quarta (21), 69,7%.

Até a manhã desta sexta, 26 dos 36 leitos de UTI (25 públicos e 11 privados) estavam ocupados. Destes seis são pacientes com Covid-19 e um com suspeita. Os demais estão internados por outros problemas de saúde. Dos 25 leitos do SUS, 18 (72%) estão ocupados, assim como 8 dos 11 privados (72,7%).

No entanto, apesar do aumento, o nível de ocupação de leitos de UTI está abaixo de 80%, que é de alto risco. Apenas Cruz Alta (81%) e Novo Hamburgo (81%) estão nesta classificação.

Alerta à população

Em entrevista à Rádio Sulbrasileira, o prefeito Daniel Hinnah afirmou estar preocupado com o aumento de casos nos últimos dias. “A confirmação de casos preocupa e deve chamar a atenção da comunidade para tomar cuidados. Está evidente que muitas pessoas com a chegada do calor as pessoas querem sair de casa – não há nenhuma ordem proibindo isso – mas que tem que tomar cuidado sim”, alertou no programa Café da Tarde.

Entre as orientações dadas pelo prefeito estão o uso de máscara (especialmente em ambientes fechados), higienização e evitar compartilhar objetos (desde copos e chimarrão). “Tudo isso que nós já aprendemos deve continuar sendo observado pela população panambiense.”

O mapa preliminar do Distanciamento Controlado será divulgado pelo Governo do Estado no final da tarde desta sexta. Apesar do aumento de casos e da taxa de ocupação, o região deverá permanecer na bandeira laranja, da mesma forma que nas últimas semanas.

“Mas devemos continuar com os cuidados. Porque quando o vírus atinge pessoas do grupo de risco a situação pode ficar grave e não queremos que ninguém perca a vida ou sofra com esse vírus.”

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp