Coronavírus: Cruz Alta investiga caso suspeito em criança

A secretaria da Saúde de Cruz Alta informou que há um novo caso suspeito de coronavírus no município. Trata-se de uma criança que realizou uma viagem internacional com a família e que apresentou sintomas ao retornar.

A Vigilância em Saúde afirmou que o paciente está em isolamento domiciliar e está sendo monitorada. Todas as pessoas que tiveram contato com ela também estão sendo avaliados. Os exames feitos pela criança já foram encaminhados ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS).

Até o dia 17 de março, 6 casos suspeitos foram registrados, sendo que metade foi descartada e o resto segue sendo investigado.

A Prefeitura de Cruz Alta afirma que todas as medidas estabelecidas nos protocolos do Ministério da Saúde estão sendo tomadas.

Ministério da Saúde recomenda que, no caso do viajante internacional, propõe-se o isolamento domiciliar por uma semana (sete dias), a partir da data de desembarque, orientando que procure a unidade de saúde se apresentar febre e tosse ou dispneia.

Como é definido um caso suspeito?

Pessoas que tenham chegado, nos últimos 14 dias, dos países apontados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com circulação do vírus e que tenham apresentado febre, tosse e dificuldade respiratória.

➡ Situação 1 – Viajante:
Pessoa que apresente febre e pelo menos um dos sinais ou sintomas respiratórios (tosse, dificuldade para respirar, escarro, congestão nasal, entre outros) e com histórico de viagem para país com transmissão sustentada ou área com transmissão local nos últimos 14 dias;

➡ Situação 2 – Contato próximo:
Pessoa que apresente febre ou pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, escarro, congestão nasal, entre outros) e histórico de contato com caso suspeito ou confirmado para COVID-19, nos últimos 14 dias.

➡ Situação 3 – Contato domiciliar:
Pessoa que manteve contato domiciliar com caso confirmado por COVID-19 nos últimos 14 dias e que apresente febre ou pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, escarro, congestão nasal, entre outros).

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp