Convocação de mesários tem início em agosto

A partir da segunda quinzena de agosto, os cartórios eleitorais do Rio Grande do Sul iniciam o processo de convocação de mesários. A relação preliminar daqueles que atuarão na recepção de votos, na eleição municipal, será publicada no Diário da Justiça Eletrônico no dia 18 de agosto. Até o dia 16 de setembro, data da listagem definitiva, todos os mesários do estado devem estar convocados.
Todo eleitor maior de 18 anos, e em situação regular perante a Justiça Eleitoral, poderá receber a convocação para atuar como mesário em seu município, preferencialmente no local e na seção eleitoral em que vota.
Conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RS), no Estado, ao todo, serão aproximadamente 98 mil mesários, entre voluntários e convocados para trabalhar no primeiro turno.
Atualmente, o Rio Grande do Sul conta com 73,07% mesários voluntários cadastrados.
Na área da 115ª Zona Eleitoral de Panambi o número aproximado é de 600 mesários divididos nos municípios de Panambi, Condor, Santa Barbara do Sul e Saldanha Marinho.
O chefe do Cartório Eleitoral, Maciel Gaspar Klock informou que ainda não se tem um número preciso de mesários a serem convocados, mas deve ser menor em relação ás eleições de 2018, já que algumas seções eleitorais devem ser agregadas com outras.
Também não se tem ainda uma informação oficial de como os mesários serão convocados em razão da pandemia. Nos próximos dias ocorre uma definição, explicou o chefe do Cartório Eleitoral de Panambi.
Todos que forem convocados a prestar serviço como mesário, recebem algumas vantagens previstas na legislação eleitoral, como:
– Direito a dois dias de folga a cada dia trabalhado como mesário, sem perder salário. O dia dedicado ao treinamento também conta como dia trabalhado;
– Auxílio-alimentação no(s) dia(s) de eleição;
– Critério de desempate para provimento de cargos em concurso público, quando previsto no edital.
– Validação da prestação do serviço como horas complementares nas instituições de ensino superior conveniadas, por meio do Projeto Mesário-Universitário.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp