Caso Rafael: Polícia Civil realiza reconstituição na quinta-feira (18)

A Polícia Civil e o Instituto-Geral de Perícias (IGP-RS) realizarão a reprodução simulada dos fatos do caso Rafael Mateus Winques nesta quinta-feira (18), a partir das 18h, na cidade de Planalto. Ela será realizada pela Perita Criminal Bárbara Cavedon, do Departamento de Criminalística do IGP e já atuou em diversos crimes ocorridos no Rio Grande do Sul.

A reprodução simulada dos fatos (RSF), conhecida popularmente como reconstituição, foi solicitada pelo delegado Delegado Ercílio Carletti, que preside o inquérito policial, e é uma das mais complexas perícias criminais realizadas pelo IGP. O objetivo é verificar a viabilidade de os fatos terem ocorrido da (s) forma (s) como foram narradas pelo(s) envolvido(s).

Dependendo da quantidade e complexidade das versões apresentadas, dos elementos a serem analisados e dos quesitos a serem respondidos, em média o Laudo é remetido ao solicitante cerca de 30 dias depois do trabalho de campo.

De acordo com a chefe de polícia, delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, a reconstituição será fundamental para esclarecer as circunstâncias e dinâmica do crime, além da participação das pessoas envolvidas.

Para a Diretora-Geral do IGP, Heloisa Kuser, a realização da RSF demonstra a importância do órgão em apresentar as provas periciais e o empenho da instituição para a revelação dos fatos.

*Com informações da Polícia Civil

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
 WhatsApp