BM prende segundo assaltante de joalheria em Ametista do Sul

Após buscas intensificadas pelos criminosos responsáveis pelo latrocínio ocorrido em Ametista do Sul, a Polícia Militar prendeu o segundo indivíduo na noite de ontem, quinta-feira, 02.
Policiais Militares do 37ºBPM em parceria com a Polícia Civil realizaram buscas e conseguiram prender dois criminosos. O primeiro foi preso ainda durante a tarde próximo do local onde o veículo utilizado no crime foi incendiado, no interior do município. O segundo estava na residência de sua mãe, na localidade de linha Alta, na mesma região e foi preso por volta das 22horas.
Segundo informações do delegado, Ercilio Carleti, todos os criminosos já são conhecidos da polícia por serem responsáveis por outros crimes na região. O terceiro envolvido no crime já foi identificado e a Polícia Civil solicitou a prisão do criminoso. As joias e todo o material levado da joalheria pelos assaltantes também foram recuperados pela polícia.
Um helicóptero do Serviço Aeropolicial (SAER) da Polícia Civil de Chapecó foi utilizado na operação de captura dos indivíduos. Cerca de 60 Policiais Civis e Militares participaram das buscas.

Sobre o crime
Após ser baleada em assalto a joalheria nesta manhã, a proprietária Inês Ribeiro, de 51 anos, foi socorrida, mas acabou falecendo a caminho do hospital. O crime ocorreu pouco depois das 8h30min desta quinta-feira, no centro de Ametista do Sul.
Durante o assalto, a proprietária da joalheria, acabou sendo atingida por um disparo, que atingiu a nuca, enquanto ela abria o cofre. A vítima foi socorrida e atendida no Hospital são Gabriel, posteriormente encaminhada em estado grave para o Hospital em Passo Fundo, mas acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito. Ela deixa o esposo e um filho de 12 anos.

Fonte: InfocoRS

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp