BM de Ijuí realiza prisão por tráfico e apreende notas falsas

A Brigada Militar realizou no final da tarde desta quarta-feira (12) uma prisão por tráfico de drogas e a apreensão de notas falsas. Ao todo, três pessoas foram presas.

A prisão ocorreu após denúncia de um ponto de tráfico de entorpecentes em um apartamento localizado na Rua Alexandre Bastiane, Bairro Herval, que seria coordenado por um apenado com vinculação a uma organização criminosa.

Os policiais da Força Tática do 29º Batalhão Policial Militar (BPM) foram verificar a informação e, ao chegarem, visualizaram mulher entrando em um táxi que se dirigiu à Avenida São Luiz.

O veículo foi abordado e identificaram o motorista como sendo um ijuiense de 31 anos que possui antecedentes criminais. Com ele, foi encontrado dois celulares e R$610,00 em espécie.

A passageira tinha 31 anos e também era natural de Ijuí, e possui antecedentes criminais. Ela estava com uma bolsa com uma grande quantidade de dinheiro, folhas de cheques, maconha e telefone celular.

Os demais policiais foram até à residência onde abordaram e identificaram um homem de 27 anos, natural de Ajuricaba, também com antecedentes criminais. Momentos antes, ele jogou pela janela uma balança de precisão ao ao perceber a aproximação dos policiais.

Foi localizada uma mochila contendo um caderno com anotações referente à distribuição de drogas, uma porção de maconha, pedras de crack e porções de cocaína, e outra mochila de tamanho menor foi encontrado embaixo da cama com uma grande quantidade de dinheiro. O acusado informou que o dinheiro seria falso e que deveria ser distribuído na cidade.

Ele ainda disse que estava aguardando para receber máquinas do jogo do bicho que estavam sendo recolhidas das bancas pela organização criminosa.

Durante a ocorrência foi apreendido o seguinte material:

  • Três telefones celulares marcas Motorola,LG e Samsung;
  • Duas folhas de cheque;
  • Uma porção de maconha pesando 38g;
  • 11 pedras de crack pesando 4g;
  • Uma porção de maconha pesando 35g;
  • Três porções de cocaína pesando 31g;
  • 17.868,50 R$ em notas verdadeiras e falsas.

Diante dos fatos os policiais deram voz de prisão aos acusados que foram encaminhados para UPA para exames de saúde e posteriormente para a Delegacia de Polícia para a lavratura do flagrante.

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp