“A oposição perdeu uma grande oportunidade de pensar no futuro de Panambi”, afirma o prefeito Daniel

O prefeito Daniel Hinnah (MDB), reeleito com 58,9% dos votos válidos, 14.287 ao todo, esteve na manhã desta segunda-feira (16) na Rádio Sulbrasileira com o seu futuro vice, Henri Markus (PDT).

Em entrevista ao programa Alô Comunidade, o prefeito voltou a falar sobre o resultado das eleições deste domingo (15). 

“Tivemos a maior vitória da história de Panambi até hoje, isso nos enche de orgulho também nos dá motivação para continuar o trabalho e vislumbrar um futuro cada vez melhor para Panambi”, afirmou. “Estou muito feliz de estar aqui com o Henri seguindo a comemoração da nossa retumbante vitória pelos 14.287 votos que a população panambiense nos deu, confiando o futuro de Panambi por mais quatro anos.”

Daniel também deixou um recado aos panambienses que não votaram na coligação “Juntos Para Panambi Seguir em Frente” (MDB, PDT, PSL e PL). “Vamos continuar sendo o prefeito e o vice de toda a população Panambiense. Queremos trabalhar juntos e vamos nos dedicar ao máximo pela população.”

Durante a entrevista, o prefeito não poupou críticas à oposição pelos ataques ocorridos durante a campanha eleitoral. 

Daniel citou algumas das afirmações falsas compartilhadas pela oposição. 

“Tentaram repetir que a administração não fazia obras no bairro. Pois a população vendo as obras nos bairros demonstrou nas ruas que isso não era verdade. Tentaram criticar muito que o interior estava abandonado, pois também no interior a vitória das urnas mostrou que reconheceram os trabalhos. E também foi criticada a pesquisa, tentando dizer que não tinha metodologia. Tinha, não faríamos algo para nos enganar. Foi feita para mostrar à população o que estava sendo dito e medido.”

Registrada na Justiça Eleitoral, a pesquisa divulgada na quinta-feira passada (12), foi alvo de críticas durante o debate realizado pela emissora. Candidatos utilizaram o seu espaço para ataques e falar que era uma mentira.

“A gente recebeu essa pesquisa com convicção de que era verdadeira. Todo mundo sabe que os partidos fazem enquete para medir como está o desempenho só que não é divulgado porque a lei eleitoral exige o formato de como faz isso. Por fim, decidiu contratar uma justiça para registrar a pesquisa eleitoral e ela confirmou as medições anteriores. Só precisava que as urnas mostrassem essa confirmação. Estando junto com a família, vimos que a cada urna estava próximo da pesquisa”, comentou Daniel.

Ao terminar de responder sobre os ataques, Daniel também citou uma publicação feita em um impresso que circulou em toda a cidade dois dias antes das eleições. Para o prefeito, trata-se de uma tentativa de denegrir a imagem pessoal que não foi aceita pelos panambienses.

“É muito lamentável. Desta vez foi usado um jornaleco como estratégia de campanha. Se tivesse sido pago pela própria coligação adversária um material e registrado com seu CNPJ era uma coisa. Mas se esconderam através de um jornal que teve a decisão judicial mandando apreender, buscar de volta esse jornal porque é um material apócrifo, denegrindo ou tentando manchar a imagem.”

O que vem por aí

Durante a entrevista, Daniel apresentou à comunidade alguns dos projetos previstos para o ano que vem. Entre eles, a construção do novo posto de saúde (ESF) no Bairro Zona Norte, que já está com recursos garantidos e vai para licitação; a transferência de R$ 600 mil para o hospital ampliar o seu porte e poder oferecer outros serviços, inclusive hemodiálise e, eventualmente, uma Unidade de Pronto Atendimento (UTI); há também a pavimentação da Rua Pavão e o asfaltamento da Rua General Osório.

“Temos no mínimo dez grandes obras que seguem no ritmo normal e tem o projeto para quatro anos de melhorias com a visão de futuro que Panambi tem que continuar crescendo, se desenvolvendo, atraindo pessoas para cá em busca de emprego e renda”, garantiu Daniel.

Com a palavra, o futuro vice

Já o futuro vice-prefeito, Henri Markus, falou sobre como foi substituir Francisco Pereira da Costa. 

“A minha expectativa foi a candidatura a vereador. E de repente chega pra ti a notícia que você é pra substituir o nosso atual vice-prefeito, uma pessoa excepcional. Acaba te tirando o chão no primeiro momento”, admitiu.

No entanto, com o apoio de Chico, do Daniel e da coligação, Henri aceitou o desafio e promete fazer juz ao trabalho realizado até então. Ele também fez um agradecimento especial ao Francisco Pereira da Costa. “Vou honrar o teu nome, Francisco. Não só teu nome, mas toda a família Pereira da Costa.”

Deixe uma Resposta

  
 WhatsApp