Vereadores cumprem decisão judicial e afastam prefeito de Não Me Toque acusado de assédio


O prefeito de Não-Me-Toque Armando Carlos Ross (PP) foi afastado do cargo, na manhã de ontem. Os vereadores cumpriram a decisão judicial determinada, na última sexta (13), pelo juiz Márcio Cesar Sfredo Monteiro a pedido do Ministério Público. O vice-prefeito, Pedro Paulo Falcão da Rosa (PP), assume o cargo.
Armando Carlos Roos (PP) tornou-se alvo de uma investigação após de um vídeo gravado por uma servidora no qual o prefeito conversa com a mulher sobre o cargo que ela ocuparia na prefeitura e a convidando para ir a seu apartamento. Após a divulgação da denúncia, ele afirmou que não iria se pronunciar sobre o caso.
Na decisão, o juiz Mário César Monteiro diz que o afastamento cautelar é necessário para afastar o poder de influência do prefeito sobre os servidores público e também para evitar novos casos de assédio. A decisão também proíbe o prefeito de assumir qualquer função pública até o fim do processo.