Quatro prisões em Panambi nesta sexta-feira (12)

Por volta das 15h35 desta sexta-feira (12) a Brigada Militar apreendeu o quarto individuo, sendo o terceiro mandado de prisão expedido pela justiça
De acordo com a BM, ao tomar conhecimento do mandado de prisão em desfavor do autor, a guarnição de serviço passou a fazer buscas localizando J. C. R. D., de 28 anos.
Ele tem sentença condenatória por homicídio registrado em Panambi no ano de 2012. Foi conduzido até a Delegacia de Polícia e transferido para a Modulada de Ijuí

No início da tarde ,a Brigada Militar de Panambi apreendeu um travesti, 24 anos, natural de Santo Ângelo, que costumeiramente fazia o ponto no entroncamento das BRs 158 com a 285, conhecido como Trevão em Panambi, foi detido no início da tarde desta sexta-feira,(12) após ter cometido um assalto com uso de arma branca.
De acordo com a BM, a sala de operações recebeu uma ligação através do 190, de um homem que havia informado ter sido assaltado. Segundo a vítima, ele deu carona ao acusado, na BR 158, proximidades do Museu Militar e no Trevão, ele sacou de um canivete e anunciou roubo. A vítima entregou os R$ 140,00 e ao se desvencilhar do travesti, acionou a Brigada Militar que deteve o suspeito. Na sua bolsa estava o dinheiro e o canivete que teria sido utilizado no crime.
Conduzido até a Delegacia de Polícia, o delegado Gustavo Fleury decretou o flagrante, após confirmar que o suspeito, já tinha praticado outros roubos semelhantes em Panambi e região. Em entrevista para a Sulbrasileira, o titular da DP de Panambi revelou que, preso, usava o mesmo modus operandi, pedia carona e no trajeto assaltava às vítimas.
Na tarde de ontem, sexta-feira, o acusado foi conduzido para a penitenciária Modulada de Ijuí.


Pela manhã desta sexta-feira, a Brigada Militar de Panambi em cumprimento a mandado judicial já tinha prendido dois indivíduos que tinham pena a cumprir no Albergue em Ijuí.
No Bairro Arco Iris foi preso o indivíduo de iniciais A.S., condenado a 02 anos e 04 meses de prisão em regime semiaberto, pelo crime de lesão corporal.
O segundo preso, é morador no Bairro Esperança, iniciais M.R.A; condenado a 3 meses e 15 dias também por lesão corporal e violência doméstica
Os presos foram conduzidos ao albergue de Ijuí