Panambienses fazem bonito no Audax Missões 200km e Desafio 100KM             


No último final de semana dia 5 de Novembro aconteceu o Audax Missões de 200Km e o Desafio de 100km,com  largada na Sede Campestre do Clube 28 de Maio em Santo Ângelo  e a chegada na Praça da Catedral Angelopolitana, também em Santo Ângelo. As provas consistiram em um evento ciclístico não competitivo e de longa distância, conhecido internacionalmente pelo nome de Randonneur, sendo que essa modalidade é regida mundialmente pelo Audax Club Parisien (ACP).

Panambi esteve representado no Audax 200Km por 8 ciclistas de dois grupos de ciclismo. São eles: Odacir Buhring, Jeferson Distler, Lucio Cantarelli Noal, Glemarcos Moreira, Carlos Andre Dal Molin e Guilherme Cechet  representando o grupo Pedal só + 2km. O Grupo Infynity Bike foi representado pelos ciclistas, Tiago Seiryu Rocha e Debora Dreher (Teka). Já no desafio de 100km, a ciclista Gladis Buhring do grupo Pedalovers também concluiu a prova.

Ao todo foram 141 participantes na categoria Audax 200km e 38 ciclistas no Desafio 100km, sendo que  131 completaram a prova no tempo máximo permitido e terão seu nome homologado junto ao ACP.

O percurso do Audax 200km foi de ida e volta passando pelos municípios: Santo Ângelo, Sete de Setembro, Guarani das Missões, Cerro Largo, Salvador das Missões, São Paulo das Missões, São Pedro do Butiá, e Roque Gonzales, sendo que o trajeto do Desafio 100km foi até a Linha Harmonia, entre Cerro Largo e Guarani das Missões, e retornou a Santo Ângelo.

A chegada na praça da Catedral em Santo Ângelo foi emocionante. Familiares, amigos e a comunidade em geral puderam assistir e vibrar com cada atleta, que passava pelo “túnel” (Arcos dos 30 Povos das Missões) e pela passarela do chafariz até chegar no pórtico instalado para receber e registrar os atletas que completaram o trajeto dentro do tempo estabelecido de 13h30min, para os participantes do Audax 200km. Já para o Desafio de 100km, o tempo máximo para concluir era de 7 horas.

Dentre as superações que mais marcaram a edição deste ano foram a chegada de Lucas Fernandes, paraciclista de São Borja, com sua bike adaptada emocionou a todos pela sua força e perseverança. E a chegada do Sr. José Alberto Sehn, ciclista de Santo Ângelo, com 68 anos, que foi o último a chegar, faltando apenas 8 minutos para o fim da prova.

Sobre o forte sol e as dificuldades encontradas ao longo do percurso, todos os Panambienses concluíram o desafio dentro do tempo máximo, demonstrando estarem preparados para desafios ainda maiores que virão pela frente. Parabéns aos ciclistas Panambienses.

Comentários