Digite sua busca

Cultura Destaque Geral Publicar no APP Variedades

Panambiense Elenir Winck é candidata a presidência do MTG (Movimento Tradicionalista Gaúcho), poderá se tornar a primeira mulher a ocupar o cargo.

Compartilhar

O Movimento Tradicionalista Gaúcho realiza, de 11 a 13 de janeiro, a 67ª edição do Congresso Tradicionalista Gaúcho. Neste ano a cidade sede é São Borja, na 3ª Região Tradicionalista. Uma das maiores expectativas para o evento é a eleição da nova diretoria. Concorrem o atual presidente do MTG, Nairo Callegaro, e a atual vice-presidente de administração e finanças, Elenir Winck.

Pela primeira vez, o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) tem uma mulher na briga da presidência. É a professora aposentada, Elenir Dill Winck, que em entrevista na manhã de hoje (09-01) no Programa “O Que Acontece” da Rádio Sulbrasileira defendeu a reavaliação de eventos e a não-elitização da tradição, propondo a simplicidade das manifestações e o acesso a todos. Elenir pretende, se for eleita, colocar em marcha um trabalho de equipe e que dê espaço e mais luz às entidades tradicionalistas, que totalizam 1,7 mil no Estado. A ideia é dar mais atenção e o lugar de destaque que, na visão da candidata, o movimento de base merece.
Professora aposentada, Elenir lecionou durante 38 anos em Panambi, onde também foi secretária de Educação por quatro administrações, além de atuar na Secretaria Estadual de Educação. Foi coordenadora por 6 (seis) edições do Moinho da Canção Gaúcha de Panambi.