Idoso diagnosticado com câncer gasta R$ 13 mil por mês em medicamentos

Um morador do Bairro Bela Vista, Adair Chaves Saldanha, de 70 anos, procurou a Rádio Sulbrasileira para pedir ajuda da comunidade. Diagnosticado com câncer de próstata maligno há nove anos, Adair iniciou o tratamento em agosto de 2012, e precisou remover a glândula. No entanto, cinco anos depois, precisou se submeter novamente a tratamento oncológico, que seguiu até o mês de maio.
Desde então, o idoso precisa utilizar uma medicação de forma contínua até a progressão da doença. São quatro comprimidos por dia, 120 por mês. Por isso, há cada 30 dias, ele precisa de uma caixa do remédio, que custa cerca de R$ 13 mil.
Até o mês de julho, Adair conseguia obter a medicação pelo Sistema Único de Saúde. No entanto, ele não está disponível pelo SUS e agora ele precisa comprar o medicamento para seguir com o tratamento. “Deixei nas mãos de Deus”, desabafa. “Não é fácil.”
Por isso, o aposentado, que mora sozinho, pede doações da comunidade para combater o tumor maligno. O seu Adair pode ser contatado pelo telefone 99232-9848. Quem deseja ajudar com dinheiro pode depositar direto na conta do panambiense do Banco Santander, pela agência número 1140 e conta 010123247. “Peço que se puderem me ajudar vem a recompensa de Deus. Eu vou ficar muito agradecido.”